Linguagem #11 – ESTÉTICA E FISIOLOGIA DO FENÔMENO DA LINGUAGEM

Neste capítulo, buscaremos, de acordo com a proposta deste estudo, responder, juntamente com Wittgenstein, à pergunta em função da qual este trabalho propriamente existe. Neste momento da exposição, daremos ênfase ao argumento do filósofo, à forma como seu raciocínio foi dirigido e à finalidade para a qual sua tese se destina. Sem que, de antemão, seja estabelecida uma ordem determinada para o cumprimento desta meta, retomaremos argumentos abordados nos capítulos anteriores, bem como agregaremos outros novos conforme haja exigência. Nossos esforços se concentrarão no sentido de realizar, a partir da apropriação das categorias fundamentais do pensamento de Wittgenstein, uma argumentação coesa que atenda amplamente as questões filosóficas propostas para esta pesquisa. Utilizaremo-nos de argumentação própria, procurando, porém, encontrar assentimento do autor de forma a poder demonstrar como sua teoria é tomada na contemporaneidade e as consequências dela para o pensamento filosófico como um todo. Finalmente, buscaremos realizar esse trabalho traduzindo os componentes de sua forma implícita para uma forma mais clara, segundo o entendimento que dela fazemos e de acordo com a orientação encontrada nas diversas fontes de pesquisa.


Links: